Falta pouco para o fim do prazo: Confira quem deve declarar imposto de renda 2023

imposto de renda faltam 15 dias como declarar

Quem ainda não declarou o Imposto de Renda tem até o dia 31 de maio de 2023 para enviar a documentação necessária. Confira se você tem que enviar a documentação.

Quem precisa declarar o imposto de renda?

Não são todos os contribuintes que precisam fazer a declaração dos ganhos e gastos para a Receita Federal.

Neste artigo, vamos falar sobre cada um detalhadamente para você conferir se é uma dessas pessoas.

1. Recebeu rendimentos tributáveis superior a R$28.559,70

Rendimentos tributáveis é a soma de todos os itens a seguir:

  • Salários;
  • Horas extras;
  • Férias;
  • Direitos autorais;
  • Aluguéis;
  • Aposentadorias;
  • Rendimentos de investimentos;
  • Pensões;
  • Benefícios como o auxílio emergencial.

Se você recebeu rendimentos tributáveis cuja soma foi superior a R$28.559,70 no ano anterior, em 2022, já precisa declarar.

2. Recebeu rendimentos isentos ou tributados na fonte superior a R$40 mil

Rendimentos isentos ou não tributáveis incluem:

  • Indenização de trabalho;
  • Herança;
  • Doações;
  • Rendimentos com a caderneta de poupança e outros investimentos isentos;
  • Indenização de seguros;
  • Seguro-desemprego;
  • Entre outros.

Tributados exclusivamente na fonte incluem:

  • Pagamento recebidos em concursos e/ou loterias;
  • 13º salário;
  • Títulos de capitalização;
  • Entre outros.

Se você recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00 no ano anterior, em 2022, você precisa declarar.

3. Obteve lucro na venda de bens ou direitos sujeitos à incidência de imposto

Bens ou direitos sujeitos a incidência de imposto são quando:

  • Você vendeu seu imóvel;
  • Você vendeu seu carro;
  • Você vendeu sua moto;
  • Você vendeu suas jóias;
  • Você vendeu obras de arte ou antiguidades.

Se você recebeu ganhos de capital (lucro) na venda de bens ou direitos sujeitos à incidência de imposto, independentemente do valor recebido, você precisa fazer a declaração do IR.

4. Realizou venda em bolsa de valores, de mercadorias e de futuros

Realizou operações em bolsa de valores, mercadorias, futuros ou assemelhadas e obteve ganhos de capital de qualquer valor é obrigado a declarar.

5. Realizou vendas de R$40 mil no ano ou R$20 mil em um mês

Quem realizou vendas de R$ 40 mil ou mais no ano também tem essa obrigação, mesmo que essa venda tenha dado prejuízo. Quem teve lucro em vendas acima de R$ 20 mil num único mês também precisa declarar.

6. Teve posse de bens é superior a R$300 mil

Se você teve posse de bens como imóveis, veículos, obras de arte, jóias, antiguidades e outras propriedades e todos os valores somados são superiores a R$ 300.000,00 até 31 de dezembro de 2022 você também deve declarar o imposto de renda.

Vale lembrar que deve considerar quando você pagou por eles e não o quanto valem hoje.

7. Passou a ser residente no Brasil em 2022

Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano de 2022 e encontrava-se nessa condição até 31 de dezembro de 2022.

8. Teve receita bruta em atividade rural superior a R$ 142.798,50

Se você obteve receita bruta anual superior a R$ 142.798,50 com atividades rurais a exploração de atividades agrícolas, pecuárias, de apicultura, avicultura, suinocultura, sericicultura e psiculturua. Você também deve declarar.

Isentos da declaração do IR 2023

Se você não se encaixa em nenhuma das condições acima, você não precisa declarar o Imposto de Renda. Hoje, quem ganha até R$ 1.903,98 por mês e não tem outras fontes de renda está na faixa de isenção.

Confira como declarar o IR 2023

Você se encaixa em algum dos critérios e precisa declarar? Se sim, confira agora como declarar seu imposto de renda 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Redes sociais

Entre em contato

Se você ainda tem dúvidas, não deixe de entrar em contato e seja atendido por uma pessoa real, nós vamos te ajudar!

Inscreva-se em nossa newsletter: